<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, setembro 02, 2004

The end

E é por não poder exercer neste meu canto aquilo a que ele se destina que dou por terminado este blog.

To whom it may concern...

Há coisas que eu nunca pensei que tivessem que ser ditas. My mistake! Assim, e por ter atingido um ponto de saturação, fica o esclarecimento:

now I've seen, tonight, how I could waste my time
and I'll be on my way, and I won't be back
cos I've seen, tonight, what I've been warned about
you're just a boy, not a man, and I'm not coming back


Hope you understand this. For good.

sexta-feira, agosto 27, 2004

Sim, este é para ti...

Como se o amor pudesse ser corrigido, como se se pudesse voltar atrás e recomeçar...

Mais vale tarde que nunca, certo? :o)
E faz-me um favor: procura ser feliz...

quinta-feira, agosto 26, 2004

...

Não era NADA suposto teres-me deixado assim...

I've still got sand in my shoes
And I can't shake the thought of you
I should get on, forget you
But why would I want to
I know we said goodbye
Anything else would've been confused but
I wanna see you again


Dido


segunda-feira, agosto 23, 2004

I wonder...

... if you ever think of me.

terça-feira, agosto 17, 2004

Why should I even bother?

segunda-feira, agosto 16, 2004

O mestre é que sabe

O polvo é um animal muito estúpido. A gente nem mete isco e ele enfia-se logo no alcatruz.


Mestre João Manhita
in Público (16.08.04)

sábado, agosto 14, 2004

Os sonhos...

... são coisas estranhas. Deseja-se qualquer coisa desesperadamente, consegue-se obtê-la e, tão subitamente como se conseguiu, ela desaparece. O segredo está em gozar o processo de lá chegar.


Nicholas Sparks

sexta-feira, agosto 13, 2004

Love...

...is patient and kind, it is never jealous, love is never boastful or conceited, it is never rude or selfish, it does not take offence, nor is it resentful. Love takes no pleasure in others’ sins but delights in the truth; it is always ready to excuse, to trust, to hope and to endure whatever comes. Love does not come to an end. There are three things that last, faith, hope and love and the greatest of these is love.

A Walk to Remember
St Paul to the Corinthians 13: 4-8 8

É preciso ser mesmo muito estúpida

...para cometer duas vezes o mesmo erro.

quinta-feira, agosto 12, 2004

Sonhos...

Os sonhos são arrasadores sempre que não se convertem em realidades. Porém, na maioria dos casos, são os sonhos simples os que provocam maior sofrimento, por parecerem tão pessoais, tão razoáveis, tão fáceis de realizar. Aquelas coisas que a pessoa está sempre prestes a tocar, mas nunca suficientemente perto para as possuir, uma situação capaz de destruir a vontade.

Nicholas Sparks

terça-feira, agosto 10, 2004

... (II)

I should have seen it coming
I should have read the signs
Anyway, I guess it's over...

segunda-feira, agosto 09, 2004

Sick & Tired

I lost my peace of mind somewhere along the way

domingo, agosto 08, 2004

E pronto.

Admito. Também tenho saudades tuas. E muitas.

Coisas

Coisas que não passam. Há quem diga que dentro da cabeça, eu não sei onde. Coisas que de vez em quando voltam e por isso, só por isso, se sabe que não passam. Coisas que nos agarram por detrás da nuca, frente a um espelho, sem qualquer propósito, e só nos deixam sem querermos.
Pequenos rogos, doces chamamentos, partidas muitas, asperezas, ciúmes, vícios, abraços ternos, despedidas, raivas, tédios, pequenos espantos, sobressaltos.
Coisas que não passam, há quem diga que dentro da cabeça. Eu não sei onde.

Pedro Paixão
Historias Verdadeiras

Sim, é verdade...

Estou a começar a sentir a tua falta... E nunca pensei que me custasse tanto...

Adoro-te

quinta-feira, agosto 05, 2004

Estava-se mesmo a ver...

British
Britain

?? Which Country Are You From ??
brought to you by


quarta-feira, agosto 04, 2004

...

A água quente cai com o mesmo barulho da água fria. A sombra das coisas de qualquer cor é de uma só cor. O mundo é um só mundo entre muitos outros e podia ser muito diferente do que é. São coisas em que se costuma pensar para afastar a melancolia... *

E eu que tanto espero por esse dia que nunca mais chega...

* Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras

segunda-feira, agosto 02, 2004

Ainda...

... sinto o teu cheiro em mim...

[e isso traz-me tão boas recordações...]

quarta-feira, julho 28, 2004

Gostávamos um do outro...

...sem saber porquê, para quê, nem por quanto tempo. É, aliás, sempre assim, não é? Claro que é. Às vezes faz bem, às vezes dói. Não se pode fazer nada. É assim. Aquilo manda em nós.

Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras

terça-feira, julho 27, 2004

... 

I should've seen it coming...

segunda-feira, julho 26, 2004

Coração

Só tu me fazes dizer as coisas que te digo. Estou à tua espera. Quando chegares vou-te morder devagarinho. Só até fazer doer. Agora, para que o tempo passe, vou escrever o que passa pela minha cabeça. É assim então.
(...)
A vida não é assim uma sucessão de pequenos fins mas sim uma sucessão de pequenos milagres e não digo mais nada até tu chegares para te começar a morder. Só, só até doer.

Só tu me fazes fazer as coisas que faço.

Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras

Obrigada...

... por todos aqueles momentos...

terça-feira, julho 20, 2004

Obrigada...
 
É por isso que há os amigos. Os amigos sobrevivem aos fins do mundo. Este é o único critério. A amizade é tão bonita como o amor e tem a obrigação de durar mais tempo.

Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras


É desta cor...
 
... que vai ficar uma parede do meu quarto...    

  

E com isto tudo nunca mais chega o Verão :o)

 

quarta-feira, julho 14, 2004

Por ti...

Por ti deixava de roer as unhas e pintava-as de amarelo. Por ti sacrificava a minha pomba favorita. Tornava concretas todas as minhas ânsias. Por ti fazia tudo, menos que de mim fizesses outra.

Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras

terça-feira, julho 13, 2004

Um pouco exagerado, mas enfim...




You're Watership Down!

by Richard Adams

Though many think of you as a bit young, even childish, you're
actually incredibly deep and complex. You show people the need to rethink their
assumptions, and confront them on everything from how they think to where they
build their houses. You might be one of the greatest people of all time. You'd
be recognized as such if you weren't always talking about talking rabbits.



Take the Book Quiz
at the Blue Pyramid.



Tirado daqui *

segunda-feira, julho 12, 2004

É engraçado...

...como esta letra já fez tanto sentido em determinada altura da minha vida...

Two weeks away it feels like the whole world should've changed
But I'm home now
And things still look the same
I think I'll leave it till tomorrow to unpack
Try to forget for one more night
That I'm back in my flat on the road
Where the cars never stop going through the night
To a life where I can't watch sunset
I don't have time


(...)

Tomorrow's back to work and down to sanity
Should run a bath and then clear up the mess I made before I left here
Try to remind myself that I was happy here
Before I knew that I could get on the plane and fly away
From the road where the cars never stop going through the
night
To a life where I can watch sunset and take my time,
Take all our time


Dido
Sand In My Shoes

Isto...

... é apenas um exemplo das coisas que se podem encontrar por essa world wide web fora.



sábado, julho 10, 2004

Ai!

Que agora só me consigo lembrar dos teus beijos...

Ele era surpreendente. A boca dele era uma coisa quente que se agarrava à minha boca e fazia dela o que queria.

Pedro Paixão
Como se fosse a primeira vez

sexta-feira, julho 09, 2004

Porque é que...

... só dás sinais de vida quando eu menos espero?! Não vês que assim volta sempre tudo à estaca zero?!

Gostar ou não gostar...

Gosto do teu sorriso. Gosto quando as tuas mãos tocam o meu cabelo. Gosto dos teus beijos, especialmente aqueles que me dás no pescoço. Gosto quando os teu olhar se cruza com o meu. Gosto das palavras que sussurras ao meu ouvido enquanto me abraças. Gosto dos teus carinhos, dos teus mimos e das tuas constantes preocupações. Essencialmente, gosto de ti quando estou contigo...

Não gosto de significar o que significo para ti. Não gosto da razão pela qual queres estar comigo. Não gosto que fiques dias, semanas, sem dar notícias. Não gosto que ponhas e disponhas de mim. Não gosto quando não me levas a sério. Não gosto de me saber a magoar outro alguém. Essencialmente, não gosto de mim quando estou contigo...

Obrigada linda!!

Só para que conste, também eu sou a feliz proprietária deste apetitoso relógio!


domingo, junho 27, 2004

Lembra-me...

... de nunca mais alterar a minha vida por tua causa.

quinta-feira, junho 24, 2004

...

Linda, vi isto no teu blog e não resisti a fazê-lo. Há alturas da vida em que nos sentimos tão desorientados e à procura de respostas que já recorremos a tudo...

- Sobretudo prática, tem senso de justiça, os pés no chão e conquista as pessoas pela sua honestidade. Uma prova disso é a sua atitude quando alguém pede ajuda para resolver um problema. Antes de tomar qualquer partido, ouve as partes envolvidas.

- Não acredita que "polos opostos se atraem", isto em relação ao amor, e que, só vai sossegar quando encontrar a sua alma gémea, ou seja, uma pessoa que tenha os mesmos ideais que você.
Nada mais justo. Só que é bom olhar um pouco mais à volta, porque de repente a pessoa perfeita para si pode ser alguém para quem normalmente não olharia duas vezes.


- tem uma vontade secreta de abrir novos horizontes na sua vida, só não sabe que rumo seguir.

- Ainda não conseguiu decifrar muito bem o que deseja para o amanhã. Enquanto isso, para não se desiludir, caso alguma coisa corra mal, prefere sonhar com o que vai fazer com o dinheiro todo que irá ganhar, quando ficar milionário.

- Tem confiança em tudo o que faz, sabendo que existe sempre a possibilidade de errar ou acertar. Sendo assim, nada consegue atrapalhar o seu caminho.

- É uma pessoa preocupada com que os outros vão pensar dela, como os outros vão reagir se disser ou fizer coisas que elas não gostam ou não aprovam. Afinal para quê tanto medo de não ser aceite?

- É maduro, honesto, sensível e dono de uma inteligência privilegiada. Não é a toa que todos confiam em si de olhos fechados.

Enfim...
Alguém me sabe dizer quais as probabilidades disto estar certo?

Há dias...

...em que me sinto assim. Exactamente assim.

Tudo passa devagar como este fim de tarde em que o sol está quente e pachorrento e a minha alma anda por aí livre ao acaso. De resto não faço nada que valha a pena recordar. Quando muito escrevo uma carta que não mando, leio parágrafos vários de livros que folheio, escrevo coisas como esta em que não digo nada.

Pedro Paixão
Spleen de Lisboa
Histórias Verdadeiras

terça-feira, junho 22, 2004

Saber ou não saber...

Eu sei o que quero saber. É o bastante. E mesmo se não souber quase nada prefiro que seja assim. Não há mais nada que eu queira saber. Tenho medo do que não sei. O que eu não sei não vai mudar nada. O que eu não sei só vai fazer as coisas ficarem piores do que já estão.

Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras

quinta-feira, junho 17, 2004

E é assim...

Sagitarrius
You should be dating a Sagittarius.
22 November - 21 December
Your mate is frank and open, optimistic and honest.
Though the Archer can display bouts of
argumentative, impatient and critical
behaviour, he is extremely adventurous
in bed.


What Zodiac Sign Are You Attracted To?
brought to you by Quizilla

Gosto particularmente desta última parte... ;o)

sábado, junho 05, 2004

...

Your name is Trouble
You're exactly the kind
I like to get into
I've fallen, I've tumbled,
you're everything
I should not do


Yve.n.adam
Don't

quinta-feira, junho 03, 2004

Um passo em falso

Estamos cheios de vontade que tudo comece e depois tudo acaba cedo demais e não há tempo nem vontade para recomeçar. As primeiras palavras doem e nunca vêm a propósito. As últimas também.

Pedro Paixão
Histórias Verdadeiras

segunda-feira, maio 31, 2004

Adeus

Se por um instante Deus se esquecesse de que sou uma marioneta de trapo e me oferecesse mais um pouco de vida, não diria tudo o que penso, mas pensaria tudo o que digo. Daria valor às coisas. Não pelo que valem, mas pelo que significam. Dormiria pouco, sonharia mais. Entendo que por cada minuto que fechamos os olhos perdemos sessenta segundos de luz.
Andaria quando os outros parassem, acordaria quando os outros dormissem. Ouviria quando os outros falassem e como desfrutaria de um bom gelado de chocolate!
Se Deus me oferecesse um pouco de vida vestir-me-ia de forma simples, deixando a descoberto não apenas o meu corpo, mas também a minha alma. Meu Deus, se eu tivesse um coração escreveria o meu ódio sobre o gelo e esperava que nascesse o sol!
Pintaria com um sonho de Van Gogh sobre as estrelas de um poema de Benedetti, e uma canção de Serat seria a serenata que ofereceria à lua.
Meu Deus, se eu tivesse um pouco de vida...
Não deixaria passar um só dia sem dizer às pessoas de quem gosto que gosto delas. Convenceria cada mulher ou homem que era o meu favorito e viveria apaixonado pelo amor.
Aos homens provar-lhes-ia como estão equivocados ao pensar que deixam de se apaixonar quando envelhecem, sem saberem que envelhecem quando deixam de se apaixonar!
A uma criança dar-lhe-ia asas, mas teria que aprender a voar sozinha.
Aos velhos, ensinar-lhes-ia que a morte não chega com a velhice, mas sim com o esquecimento.
Tanta coisa que aprendi com os homens... Aprendi que todo o mundo quer viver em cima da montanha sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a encosta. Aprendi que quando um recém-nascido aperta com a sua pequena mão, pela primeira vez, o dedo do seu pai, o tem agarrado poara sempre. Aprensi que um homem só tem direito a olhar outro se cima para baixo quando vai ajudá-lo a levantar-se...
São tantas as coisas que pude aprender com vocês... mas não me hão-de servir de muito. Porque quando me guardarem dentro dessa maleta, infelizmente estarei a morrer...


Gabriel Garcia Marquez


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Weblog Commenting by HaloScan.com